Ateliê MR e Loja Flex

São Paulo, SP
2021, 130m²

Projetar o novo atelier Mariah Rovery e a primeira loja da sua marca Flex no coração de Pinheiros, em São Paulo, foi um belo desafio. O imóvel escolhido, uma casa geminada da década de 1950, demandava o resgate de sua personalidade, amplificando a relação com a rua, num convite à liberdade e à expressividade tão caros à marca.

Partimos da premissa de que, além da loja Flex, todo o térreo deveria ser acessível, incluindo também o atelier e o showroom. Rebaixamos todo o piso, que estava 40cm acima da calçada, apostando em um novo fluxo para o espaço, mais fluido e conectado com o exterior.

FICHA TÉCNICA
Local: São Paulo, SP
Projeto: 2021 Obra: 2021-2022
Área: 130m²
Arquitetura: Gema
Arquitetas: Nara Grossi, Joseana Costa
Direção criativa: Nara Grossi
Arquiteto coordenador: Renan Merlin
Equipe: Giuliana Mora, Luiza Langeani, Barbara Olyntho
Forro plástico reciclado: Rato Rói
Execução: Eduardo Napchan
Fotografia: Felco
+

A fachada, antes no alinhamento da calçada, agora se abre em diagonal que conforma o novo acesso e acolhe o pedestre, com traçado que teve a orientação solar como definidora do desenho: a diagonal é norte-sul.

A partir desse movimento, uma passarela central direciona o usuário para o interior do espaço, ao mesmo tempo que setoriza à direita, loja Flex – transparente e aberta para a rua – e à esquerda, o showroom da marca – discreto e com entrada independente. Enquanto no térreo estão as áreas de reunião, café e convivência do atelier, no pavimento superior é onde o escritório e a produção acontecem.

A proposta de projeto pedia soluções únicas, uma alfaiataria nessa composição de elementos, materialidade, cores e sensações. Desenvolvemos então um desenho em peças de ladrilho hidráulico que demonstrasse esse cuidado, como um bordado gráfico feito sob medida para aplicação no projeto. 

O azul, que descrevemos conceitualmente como cósmico, ou místico, é a cor de toda a fachada, numa brincadeira com o ladrilho recortado que traz profundidade e delicadeza. E para coroar, um farol em vidro vermelho que representa a assinatura e presença da marca neste novo espaço.

Para a Flex, o desejo era que fosse um ponto de encontro vibrante e inesquecível. A nova diagonal trazida para a relação com a rua cria um pequeno recuo ao acesso da loja, abrindo o convite para o pedestre entrar. Cores neutras, suaves e naturais são a base para a organicidade do desenho.

Espelhos ripados, prateleiras curvas em metal, mesa em pedra esculpida, sofá curvo, forro com movimento em material reciclado, piso monolítico

com sobreposição de cores, cortina holográfica, são alguns dos elementos desenvolvidos e desenhados especialmente para esse espaço. Camadas que se complementam e convidam a experimentar.

Esse encontro poderoso da criação e do feminino foi decisivo para o resultado do projeto. Nós e nossa cliente: mulheres que pensam espaços em suas diversas escalas, com criatividade, força e significado.

DE BAIXO PARA CIMA

TÉRREO:
1. LOJA M.R.
2. LOJA FLEX
3. W.C.
4. CAFÉ
5. ESTOQUE
6. PASSARELA

1º PAVIMENTO:
7. OFICINA
8. JARDIM EXTERNO
9. FINANCEIRO
10. HALL E LOUNGE
11. W.C.
12. ESPAÇO DE TRABALHO
13. SALA M.R.

CORTE